Ally e Ryan

Ally e Ryan

quinta-feira, 29 de abril de 2010

São Paulo, é possível circular?

Para quem tem dificuldade de locomoção e circular por algumas áreas de São Paulo é uma tarefa que exige prudência e atenção. Podemos dividir a cidade em regiões em que há uma garantia da autonomia e independência para outras em que é praticamente impossível circular usando cadeiras de rodas, muletas, bengalas ou qualquer outro aparelho visando facilitar a locomoção.

Os semáforos em São Paulo são calculados para quem anda normalmente; a CET utiliza métodos ultrapassados e fora da dinâmica inclusiva que existe hoje no mundo. Quando planejamos uma cidade, um sistema de transporte ou qualquer outro planejamento urbano, devemos ter em mente que as pessoas que vivem nos meios urbanos apresentam-se de forma diversificada. Em sendo assim, não podemos pensar uma cidade para alguns, devemos pensar que o espaço coletivo deve ser ampliado para o maior uso possível de pessoas. Medidas inclusivas e mudanças atitudinais de quem planejam são fundamentais para uma política pública mais abrangente.

Um comentário:

  1. Vânia Zangerolamo5 de março de 2011 05:26

    Ari, não é a condição física da pessoa que a impede de ter locomoção, mobilidade. O meio físico social e público, infelizmente, que é deficiente!
    É ainda uma luta a verdadeira inclusão/integração nas escolas, pois sou profª. de AEE - Atendimento Educacional Especializado e eu e minhas colegas de profissão trabalhamos muito seriamente para atingir com nossos alunos uma educação significativa.
    Um forte abraço e adorei os posts no seu blog. Parabéns!
    Vânia.

    ResponderExcluir